Home

Calendário

  Fotos

Resultados

Onde treinar

Classificados

Contato

 
 
 


REGULAMENTO COPA MXPARK DE MOTOCROS 2017

CAPÍTULO I

Art. 1 – A equipe MXPARK realizará o campeonato COPA MXPARK DE MOTOCROSS

Art. 2 – Este regulamento entrará em vigor a partir da data de sua publicação.

Art. 3 – O campeonato terá 05  etapas nas pistas estabelecidas e na pista MXPARK

CAPÍTULO II

Art 4 – O calendário deverá ser seguido sem alterações de datas, salvo se, por furtúito ou de força maior como fortes chuvas ou outro intempérie que vem proporcionar risco à integridade física de pilotos, organizadores, equipes, público, etc.

CAPÍTULO III - A PISTA

Art. 5 – A pista poderá  ser mudada a cada etapa do campeonato, e Gate com capacidade para 26 motos com total segurança.

CAPÍTULO IV

Art. 6 – As categorias serão as seguintes:

MX1, MX2, Mx3, Mx4, Mx5, NACIONAL, MXPARK PRATA, MXPARK OURO, INTERMEDIARIA PRATA, INTERMEDIARIA OURO e Super Final.

§ 1º - A categoria SUPER FINAL será realizada sem custo de inscrição para os 4 primeiros colocados das seguintes categorias: MX1, MX2, MX3, MX4, MX5  e os 3 primeiros colocados da Intermediaria Ouro e Prata.

Art. 7 – O número mínimo de motos será 10 (dez) por categoria, Se não houver essa quantia a categoria fará largada juntamente com outra categoria não conflitante e a classificação será separada, sempre a critério da direção de prova.

 Art. 8 – A categoria MX3, MX4 e MX5  terá que apresentar o RG no ato da Inscrição.

Art. 9 - As categorias MXPARK PRATA E OURO são destinadas aos pilotos INICIANTES.

 § 1º - A categoria MXPARK PRATA é destinada a pilotos iniciantes que não emendam 70,00% (setenta por cento) da mesa de chegada e tempo de volta acima de 1:25 segundos, com tolerância de 1 segundo por três voltas, sendo certo que os pilotos que andarem abaixo desta média serão automaticamente desclassificados na etapa. Não pode correr na etapa seguinte.(O Campeão do ano de 2016 sobe automaticamente para categoria MXPARK OURO)

§ 2º - A categoria MX PARK OURO é destinada a pilotos iniciantes que não emendam 80,00% (oitenta por cento) da mesa da chegada e que tem o tempo de volta acima de 1:18 segundos, com tolerância de 1 segundo por três voltas, sendo certo que os pilotos que andarem abaixo desta média serão automaticamente desclassificados na etapa. Pode correr na etapa seguinte.(O Campeão do ano de 2016 sobe automaticamente para um categoria Superior).

§ 3º - A categoria INTERMEDIARIA PRATA é destinada a pilotos que tem o tempo de volta acima de 1:18 segundos, com tolerância de 1 segundo por três voltas, sendo certo que os pilotos que andarem abaixo desta média serão automaticamente desclassificados na etapa. Não pode correr na seguinte etapa.(O Campeão de 2016 sobe automaticamente para categorias superiore).

§ 4º - A categoria INTERMEDIARIA OURO é destinada a pilotos que tem o tempo de volta acima de 1:15 segundos, com tolerância de 1 segundo por três voltas, sendo certo que os pilotos que andarem abaixo desta média serão automaticamente desclassificados na etapa. E pode correr na seguinte etapa.(O Campeão do ano de 2016 sobe automaticamente para um categoria superior).

§ 5º - Os Pilotos da categoria Intermediária Prata, pode correr na categoria Intermediaria Ouro. Exceto a Intermediária Ouro na Intermediaria Prata.

§ 6º - Os pilotos das categorias MXPARKs E INTERMEDIÀRIAs que participarem de todas Etapas, terá direito na   e etapa 1s de tolerância por sua evolução no campeonato.


Art. 7 – Sábados – treinos –
das 8:00 horas às 15:00 horas direto. 

Art. 8  – Dependendo do número de motos será dividido em # par e # impar sempre invertendo a ordem em cada etapa, reduzindo-se o tempo de cada treino para 10 minutos.

Art. 19  – A manutenção da  pista será após os treinos que encerrarão as 15:00h

Art. 10 – Domingo – Treinos das 8:40h  2 treinos de 10 em 10 min (No dia da corrida) para pilotos inscritos e a ordem de treinos será definida em regulamento complementar.

Art. 11 – A manutenção de pista será feita após 50% das largadas

Art. 12 –  Domingo – Ordem de largadas – podendo ser alterada a qualquer momento.

Art. 13 – O tempo de cada bateria será de 15 minutos + uma volta.

Art. 14  – A placa de
1 será dada somente quando o líder da bateria completar 15 minutos de prova.

CAPÍTULO VI – INSCRIÇÃO

Art. 16 – As inscrições serão feita Sábado e Domingo na data da corrida. Ao assinar a inscrição, o piloto ou responsável reconhecerá imediatamente este regulamento eximindo a equipe organizadora, patrocinadores, apoios diretores, e auxiliares de qualquer responsabilidade civil e criminal, estando cientes dos riscos de modalidades esportivas de velocidade com motocicletas.

Art. 17  – O valor das inscrições ser  R$ 100,00(Oitenta reais) para a primeira categoria e                R$ 40,00(Quarenta reais) para as demais categorias.

§ 1 - As inscrições serão encerrada assim que for preenchidas as 26 vagas do Gate. Não haverá classificatória.

§ 2  – A partir da 2ª etapa a ordem de entrada no Gate será feita de acordo com a classificação do campeonato.

CAPÍTULO VII – BANDEIRAS – SINALIZAÇÃO

Art. 19  – A sinalização será feita com bandeiras em cores com as seguintes especificações:
VERDE: será utilizada para conferência no gate de largada, autorizando os pilotos a ligarem os motores e informar ao diretor de prova que tudo está OK.

VERMELHA: seu uso é restrito ao diretor de prova, obrigatório a todos pilotos, indica que todos devem parar. É utilizada para informar cancelamento da largada e também para interrupção da prova,por qualquer motivo que a justifique, sendo que, se decorridos mais de 50% do tempo de prova será encerrada com a classificação dos pilotos na última volta. Se não decorridos 50% do tempo, a bateria terá nova largada com tempo total. Ocorrendo nova paralisação, a bateria será considerada nula para todos os efeitos.

AMARELA; indica que há perigo na pista de qualquer natureza, moto caída ou com problemas mecânicos, piloto caído ou outro motivo que exija a sua utilização e fica proibida ultrapassagem quando a  mesma for agitada. O piloto que aproveitar de bandeira amarela para levar vantagem que qualquer natureza será imediatamente punido com um STOP GO, caso o piloto emende a mesa durante a bandeira amarela, este será automaticamente desclassificado.

BRANCA COM CRUZ VERMELHA: atendimento médico na pista PROIBIDO ultrapassagem.
AZUL: é acionada para informar  ao piloto retardatário que ele deve facilitar a ultrapassagem de outro pilo mais rápido quando estiver tomando volta. Não deve, no entanto, colocar em risco a sua pilotagem para isso. Porém, se mesmo em locais de ultrapassagem, este piloto retardatário dificultar a passagem do piloto mais rápido, por má fé ou qualquer atitude desleal
Oi anti-desportiva, depois de ter recebido bandeira três vezes, este piloto será penalizado com DESCLASSIFICAÇÃO da prova. PRETA: junto com a placa com o número do piloto, informa que ele foi DESCLASSIFICADO da prova pelo motivo apresentados na sessão PENALIDADES ou por outro motivo que a justifique.

QUADRICULADA: informa término d prova.

CAPÍTULO VIII – LARGADA

Art. – 20  – A largada será feita no máximo 26 motos, não haverá classificatória

Art. – 21  – O piloto deverá se apresentar no parque fechado para colocação do  transponders de cronometragem  pelo menos 15 minutos antes do início de sua bateria respeitando os locais de entrada e saída de pista e com o motor de sua motocicleta desligado. O diretor de prova não vai aguardar nenhum piloto atrasado. A responsabilidade pelo cumprimento do horário será do piloto que receberá por escrito o cronograma de prova no ato da inscrição.

Art. 22 – Os horários serão entregue a cada piloto no ato da inscrição.
Art. 23  - Após a colocação dos transponders os pilotos entrarão na pista esta será fechada. Após o fechamento, nenhum piloto poderá entrar mais para prova.

Art. 24 – A escolha do  gate será por ordem de classificação do campeonato( A 1ª Etapa por ordem de classificação do campeonato do ano anterior).

Art. 25  – Haverá na largada um fiscal para verificar essas ocorrências e este  informará à direção de prova o do piloto que cometer qualquer infração para que sejam tomadas as providências.

CAPÍTULO IX – ÁREA DE PIT STOP

Art. 26 – Na pista terá uma área destinada PIT LANE para que as equipes informar o piloto sobre situação na prova.

Art. 27 – Somente poderá entrar nesta área um instrutor com CREDENCIAL fornecida ao piloto no ato da inscrição(uma para cada piloto). Nesta credencial constará a cor das categorias.

Art. 28 – Não será permitida a presença de qualquer pessoa nas dependências da pista fora da área de PIT LANE. Se, eventualmente, alguma pessoa for surpreendida dentro da pista, e se esta pessoa estiver com a credencial de algum piloto, este piloto será imediatamente DESCLASSIFICADO.

Art. 29 – Em caso de acidente, somente a equipe médica poderá adentrar à pista para prestar o devido socorro. Se, eventualmente, alguma outra pessoa invadir a pista, será imediatamente retirada e, estiver com credencial de algum piloto, este piloto será DESCLASSIFICADO.

Art. 30 – O piloto é responsável pela ordem e disciplina na área do PIT LANE  que ocupar.

CAPÍTULO  X – EQUIPAMENTOS  DE SEGURANÇA OBRIGATÓRIO

Art. 12 – Capacete, óculos, colete, botas, camisa e calça apropriado.

CAPÍTULO XI – DA COMISSÃO JULGADORA E RECURSOS

Art. 32 – Em todas as etapas serão escolhidos três pilotos para fazerem parte da comissão julgadora

Art. 33 – Se algum piloto quiser interpor qualquer recurso que seja, deverá fazê-lo junto à comissão Julgadora mediante pagamento de taxa de R$ 300,00(trezentos reais) e em até 30 minutos após o encerramento da bateria, depois desse tempo o recurso não será mais recebido.

Art. 34 – a comissão analisará o caso e, se julgado PROCEDENTE, a direção de prova vai rever a decisão recorrida a e o valor da taxa de recurso será devolvido ao impetrante. Se, no entanto, seu recurso for julgado IMPROCEDENTE, a direção de prova manterá a decisão recorrida e o valor da taxa mantido.

CAPÍTULO XIII – DA PONTUAÇÃO NO CAPEONATO

Art. 35 – A pontuação será do 1º ao 15º em cada categoria com os seguintes valores:

1º 25 2º 22 3º 20 4º 18 5º16
6º 15 7º 14 8º 13 9º 12 10º 11
11º 10 12º 09 13º 08 14º 07 15º 06
16º 05 17º 04 18º 03 19º 02 20º 01


Art. 36 – O campeão será aquele que somar maior número de pontos durante o campeonato, sendo que não haverá descartes.

§ 1 – Em caso de empate na soma de pontos no final do campeonato, será campeão quem participou das 5(cinco)  etapas.

§ 2 – Se permanecer o empate, será campeão o melhor resultado da bateria da última etapa.

§ 3 – O § 1 e 2 serve para desempate do 2º e 3º lugar

Art. 37 – No final do campeonato será entregue troféu  aos 3 primeiro colocados de cada categoria.

CAPÍTULO XIV – PREMIAÇÃO

Art. 38 – A cada etapa Serão premiados com troféus até o 10º colocado, exceto a categoria Super Final que serão premiados até o 5º colocado.

Art. 39 – Não poderá participar os pilotos que correm entre 15 colocados do Campeonato Brasileiro  e do  Campeonato Arena Cross.

Página inicial |Calendário| Fotos | Resultados |Onde treinar | Contato